Inteligências Múltiplas



Um grande passo para a compreensão do que é e como funciona a inteligência humana foi dado nos anos 80 por um psicólgo norte americano, Howard Gardner na Universidade de Harward.

Ele e um grupo de pesquisadores da cognição humana concluiram que existem sete espectros de inteligências que comandam a nossa mente. Estas competências estão inter-relacionadas, e algumas delas, anteriormente eram vistas como dons ou virtudes.

Segundo a pesquisa todos temos mais de uma inteligência, que existem em diferentes níveis de desenvolvimento. E podemos treiná-las!

De forma bem reduzida são elas:·

Inteligência lógico-matemática: traduzida na capacidade de realizar operações matemáticas, racicínio dedutivo, e de analisar problemas com lógica. Matemáticos, pesquisadores, engenheiros e cientistas têm essa capacidade privilegiada.

Inteligência lingüística: habilidade de aprender línguas e de usar a língua falada e escrita, boa comunicação verbal para expressar-se e atingir objetivos. Advogados, escritores, poetas, jornalistas e locutores tem essa habilidade.

Inteligência espacial: Habilidade de organização de elementos visuais de forma estética. Capacidade de reconhecer e situar-se no espaço. É importante tanto para ilustradores, qunato para navegadores, pilotos, escultores, artistas plásticos.

Inteligência corporal: capacidade em usar o corpo e as mãos para a solução de problemas ou auto-expressão. Dançarinos, atletas, cirurgiões, terpeutas corporais, artesãos, mágicos, mímicos ou mecânicos valem-se dela.

Inteligência interpessoal: é traduzida pela capacidade de perceber as intenções e os desejos dos outros, habilidade no trato social e de se relacionar bem. Inclui-se aqui os professores. É necessária para terapeutas, vendedores, políticos, líderes religiosos, políticos.

Inteligência intrapessoal: seria a capacidade do indivíduo conhecer-se e estar bem consigo mesmo, de usar o auto-conhecimento para administrar e equilibrar a sua própria vida. Auto-estima e disciplina para chegar aos seus objetivos pessoais e profissionais.

Inteligência musical: Associada à idéia de talento. Habilidade para entender a linguagem sonora e se expressar através dela. Disposição inata para apreciação, organização de elementos sonoros, composição, e independe de aprendizado. Músicos , maestros e compositores.

Gardner abriu novos caminhos para a educação, afirmando que a escola e o professor devem respeitar valorizar essas diferentes formas de habilidades e interesses. Essa multiplicidade de inteligências nos conduz a uma visão mais humana e critativa da educação do futuro, pois enfatiza um processo de aprendizagem mais individualizado. Esta concepção certamente nos levaria a formação de cidadãos socialmente e profissionalmente mais integrados, valorizados e portanto felizes!

Para ler:

" Inteligências Múltiplas: a teoria e a prática", de Howard Gardner. Artmed, 2000.
Revista Mente e Cérebro, edição nº 175, agosto de 2007


Comentários

Anônimo disse…
Olá, Tereza. Seu blog está muito bem estruturado. Gostei muito! Beijos.
paula dip disse…
Maravilhoso esse texto. Adoro o Gardner. Que blog bacana que vc tem!!!! bjs da
Paula Dip
Anônimo disse…
Bastante interessante este pequeno aperitivo sobre as inteligências múltiplas, pena que em algumas instituições de ensino não aceitam ou desconhecam esta teoria.
Abraço Leonardo.

Postagens mais visitadas deste blog

Labirinto de Chartres

CRISTO, ARQUÉTIPO DA SÍNTESE E DO SELF

PARACELSO E OS ELEMENTAIS