Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2008

A evolução consciente

Imagem
Roberto Crema e Jean Yves Leloup A Evolução Consciente O ser humano introduziu no planeta uma nova qualidade evolutiva, que é a evolução intencional, consciente, voluntária. A pessoa evolui se quiser, se desejar, à medida que enveredar no caminho da individuação. Há que sair dos trilhos populares e viciados da normose, para tomar as incertas e criativas trilhas evolutivas, nas quais enfrentará seus medos, atravessará muitos portais, e, em algum momento justo, florescerá com vigor, ternura e poesia. É uma grande aventura tornar-se humano, sujeito da própria existência, ser dotado de um semblante único e assumir a direção dos próprios passos, realizando, assim, a promessa inerente ao seu mistério. Fazer render os talentos vocacionais é o que caracteriza um existir pleno. Para isso, convocamos a nós mesmos a existir, a trazer uma novidade, um canto novo, uma dança nova... Não nascemos para morrer, nascemos para ser . Livro: Normose- A patologia da normalidade Verus Editora

Distraídos do Essencial

Imagem
Tereza Kawall Pensando bem, nossos problemas atuais não são de natureza econômica, política, científica, ambiental, seja lá o que for. Nosso verdadeiro e incomensurável problema é inequivocamente o homem, nossa humanidade, assim chamada por aquilo que deveria nos definir como humanos. Aqui, leia-se e entenda-se “ consciência” com tudo o que ela representa, sem licença poética, em um contexto racional, ético, moral, que pode discriminar valores, e que teoricamente é o que nos diferencia das plantas, dos animais,das borboletas, dos peixes, da grama, das formigas, dos sabiás, das conchas, das pedras, dos minérios e do orvalho matinal. Ah, sim, fazemos rituais para nossos mortos, abraçamos a religião como suporte para o viver, fazemos filosofia, leis, manifestações artísticas de toda ordem. Construímos incríveis túneis aquáticos e pontes quase aéreas, maravilhas da tecnologia moderna. Aquele que chamamos de “ arranha-céu” também perfura as entranhas da Terra, fazendo-a afundar sob o peso

Compaixão

Imagem
Sua Santidade, o Dalai Lama "Que eu me torne em todos os momentos, Agora e sempre, Um protetor para os desprotegidos, Um guia para os que perderam o rumo, Um navio para os que têm oceanos a cruzar, Uma ponte para os que têm rios a atravessar , Um santuário para os que estão em perigo, Uma lâmpada para os que não têm luz, Um refúgio para os que não têm abrigo E um servidor para todos os necessitados" ----------------------------------------------------- "A tarefa do homem é ajudar os outros. Este é o meu ensinamento mais constante, esta é a minha mensagem. É a minha crença. Para mim, a questão fundamental É estabelecer melhores relacionamentos, sobretudo entre as pessoas- E de que forma podemos contribuir para isso" ------------------------------------------------- Do livro: O caminho da tranquilidade, Editora Sextante.

Elegância do comportamento

Imagem
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza. É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto. É uma elegância desobrigada. É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam.E quando falam, passam longe da fofoca, das maldades ampliadas no boca a boca. É possível detectá-las nas pessoas que não usam um tom superior de voz. Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros. É possível detectá-la em pessoas pontuais. Estas se preocupam com os outros Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está. É elegante não ficar espaç