Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2019

PASSEATA E ESPERANÇA

Imagem
Tereza Kawall Vivemos nos últimos anos uma espécie de aventura num tobogã emocional ( para muitos um trem-fantasma) com o desvelamento de infinitas e contínuas ações espúrias e obscenas dentro das instituições do nosso pais, vale dizer, os três poderes, bancos, grande empresários e muitos outros agentes da nossa sociedade. Diariamente ainda ficamos chocados com notícias que nos falam de um assalto contínuo e generalizado aos cofres do país, e cujos valores estratosféricos escapam à nossa contabilidade cotidiana. A sensação de impunidade ainda é altíssima, e nosso ir e vir tem sido restringido pelo medo da falta de segurança nas ruas, ter tantas outras mazelas sociais.  A Internet e celulares em todas as mãos fizeram acelerar esse processo de forma exponencial. Uma avalanche de informações mais transparentes a respeito do modus operandi da classe política nos obrigou a definir posições mais objetivas e a defendê-las, com maior ou menor intensidade. Uns de forma mais agressi

SANTUÁRIOS DA DA VIDA II

Imagem
Herman Hesse (1877-1962) 
 -- A ÁRVORE “Nada é mais sagrado, nada é mais espetacular, que uma linda árvore. Quando uma é cortada, ela mostra a todos sua história, através da ferida mortal exposta ao sol, no disco de seu tronco, nos anéis dos anos. Em suas cicatrizes, mostra toda a luta para crescer, mostra suas doenças, seu sofrimento, suas alegrias e prosperidade. 

 Mostra também os ataques enfrentados e a sobrevivência às grandes tempestades. E qualquer garoto do campo sabe que a melhor madeira tem os anéis mais estreitos e que no alto das montanhas, nos lugares mais perigosos, nascem as árvores mais formidáveis e indestrutíveis.” 

 Uma árvore diz: uma semente se esconde em mim, uma faísca, um pensamento, uma possibilidade imensa. Sou a vida da vida eterna. A tentativa e o risco que a Mãe corre comigo é único e particular. Minhas veias, meu tronco, as cicatrizes em minha casca, são exclusivos, assim como são singulares minhas folhas e seus jogos com o vento. Fui feita para

ÁRVORES SÃO SANTUÁRIOS

Imagem
                                                                    HERMANN HESSE As árvores são santuários. Quem pode falar com elas, quem sabe ouvir, aprende a verdade. Elas não pregam doutrinas e receitas, pregam, indiferentes ao pormenor, a lei primitiva da vida. Uma árvore diz: se em mim se esconde um núcleo, uma faísca, um pensamento, eu sou vida na Vida eterna. É única a tentativa, a criação, que ousou em mim a Mãe eterna. Única é a minha forma e as veias da minha pele, único é o jogo mais insignificante das folhas de minha copa e a menor cicatriz da minha crosta. Minha missão é moldar e apresentar o eterno em minhas marcas exclusivas. Uma árvore diz: a minha força é confiança.  Não sei nada sobre os meus pais, eu não sei nada sobre os milhares de filhos vindos de mim, todos os anos. Vivo, até o final, o segredo de minha semente, não tenho outra preocupação. Confio que Deus está em mim. Confio que minha tarefa é sagrada. E eu vivo em confiança. Quando estamo