Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

Felicidade

Imagem
Mathieu Ricard , monge francês, assessor do Dalai Lama, doa os dividendos da venda de seus livros para monastérios e obras de caridade. Nos últimos anos vem crescendo de forma expressiva o interesse pelo tema da " Felicidade". Pesquisas nos meios acadêmicos, um grande número de livros e revistas, e o avanço da linha da chamada Psicologia Positiva a partir dos anos 80 evidenciam que há algo que muitos de nós estamos querendo entender em toda a sua extensão de significados. Aquilo que é chamado de “ bem estar subjetivo” seria o quê? Satisfação dos desejos, riqueza material, sucesso profissional, viajar pelo mundo, ter um corpo belo e saudável, encontrar um par perfeito.... Ou seria algo de natureza intrínseca e idiossincrática, uma questão de temperamento geneticamente explicada, uma liberdade interna, ou flexibilidade psíquica baseada em princípios religiosos? O tema da busca da felicidade há séculos ocupa

Siga sua Vocação

Imagem
Joseph Campbell (1904-1987) Extraordinário professor de mitologia comparada, escritor e orador, autor de diversos livros dedicou sua vida à pesquisa da odisséia humana nos mitos de inúmeros povos, de diferentes épocas, e com sua forte intuição, encontrou semelhanças significativas e pontos em comum entre eles. Campbell considerava a mitologia “o canto do universo; a música da imaginação inspirada nas energias do corpo”. Follow your bliss . Esta é uma expressão marcante no trabalho de Campbell. A palavra bliss é freqüentemente traduzida como felicidade. No conceito campbelliano, porém, representa a busca pelo caminho pessoal, ainda que possamos passar por dores, alegrias, sofrimentos ou êxtase. Bliss é algo que não podemos deixar de fazer, é um chamado. Dizia ele: “O caminho para descobrir alguma coisa a respeito de sua própria felicidade é concentrar a atenção nesses momentos em que você se sente mais feliz, em que você está realmente feliz....Isso exige um pouco

Mahatma Gandhi

Imagem
Mahatma Gandhi 2/10/1869 - 30/01/1948 Eu Creio Creio em mim mesmo Creio nos que trabalham comigo, Creio nos meus amigos e creio na minha família, Creio que Deus me emprestará tudo o que necessito para triunfar, contando que eu me esforçe para alcançar com meios lícitos e honestos. Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir, sem antes pedir a devida orientação a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito. Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende da sorte, da magia, de amigos, companheiros duvidosos ou de meu chefe. Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar. Serei cauteloso quando for tratar os outros, como quero que eles sejam comigo. Não caluniarei aqueles que não gosto. Não diminuirei meu trabalho por ver que outros o fazem. Prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida, e sei que o triunfo é