Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2009

Maternidade, eis a questão

Imagem
Semana passada me pediram um depoimento sobre mulheres que decidiram não ter filhos. Tenho duas filhas planejadas e amadas. Mas nunca fui obcecada pela maternidade. Acredito que qualquer mulher possa ser feliz sem ser mãe. Existem diversas outras vias para distribuirmos nosso afeto, diversos outros interesses que preenchem uma vida: amigos, trabalho, paixões, viagens, literatura, música - até solidão, se me permitem a heresia. Conheço mulheres que se sentem íntegras e felizes sem ter tido filhos e mulheres rabugentas que tiveram não sei por que, já que só reclamam. Há de tudo nesta vida. Mas tenho pensado nisso, porque, dia desses, uma amiga inteligente, realizada e linda completou 50 anos e se revelou meio abatida por certos questionamentos que chegaram com a idade - uma idade que está longe de ser das trevas, mas que é emblemática, não se pode negar. Ela nunca quis ter filhos. Escolha, não impossibilidade. Tem uma vida de sonho, mas anda se perguntando: não tive filhos, será que f

Click!

Imagem
RECEITA PARA UMA SAUDÁVEL LONGEVIDADE: UM CORPO ALONGADO E CONSTANTE CURIOSIDADE! BOA SEMANA PARA TODOS. Sobre a Curiosidade Oriunda do latim CUR? que significa “por quê?”.Donde se formou, dentro do vernáculo, o adjetivo “curiosus”, o que indaga sempre o porquê. A curiosidade foi considerada pelos romanos “a alavanca do saber”, uma espécie de motor da evolução da pessoa. Na orelha do meu livro de fotos “Vila Olímpia” coloquei o seguinte: Diz a lenda que ao ser procurado para uma entrevista, o poeta americano Ezra Pound, próximo de seus últimos dias e após manter imenso silêncio durante anos, concordou, depois de muita insistência do entrevistador, em proferir uma única palavra, que considerasse significativa como mensagem: CURIOSIDADE – Conselho aos jovens. Comentário de Fernando Stickel, obrigadíssima! http://www.stickel.com.br/atc/

Psicoterapia - Irving Yalom

Imagem
Neste livro, Irving Yalom(foto) traz narrativas surpreendentemente verdadeiras, o escritor disseca a delicada relação entre médico e paciente. Longe de se mostrar um observador distante, Yalom se coloca no olho do furacão, confidenciando aos leitores suas fraquezas, seus preconceitos, suas antipatias e até mesmo erros. Ao contrário do que se imagina, os bons terapeutas também se entediam, se envolvem, se identificam, são involuntariamente seduzidos e repelidos, amam e odeiam os seus pacientes. “Descobri que são quatro dados são particularmente relevantes para a psicoterapia: a inevitabilidade da morte para cada um de nós e para aqueles que amamos, a liberdade de viver como desejamos, nossa condição fundamental de solidão e, finalmente, a ausência de qualquer significado óbvio para a vida. Embora esses dados possam parecer terríveis, eles contém as sementes da sabedoria e da redenção. Espero demonstrar, nestes dez contos sobre psicoterapia, que é possível enfrentar as verdades da ex

Sol e Criatividade

Imagem
-Templo de Apolo, Grécia -Apolo (Sol) subindo a abóboda celeste em sua carruagem Por Tereza Kawall A emblemática frase que havia no templo do deus Apolo, em Delfos, “ Conhece a ti mesmo”, atravessa os tempos e está sempre sussurrando algo que soa para nós como algo muito desejável, porém indefinido, quem sabe abstrato ou inatingível. Hoje somos tão estimulados a saber e conhecer tantas coisas que tão pouco nos interessam, a buscar definições de formas estéticas muito distantes daquilo que realmente somos. Desejos fortuitos se impõem por todas as frestas da mídia, invadem nossa mente, nosso cotidiano, criando “ necessidades” que de fato não temos, mas a elas nos curvamos. E a vida, por sua vez, tem a tendência de curvar-se às nossas expectativas... Até e espiritualidade se tornou algo assim “ prêt -à- porter” – intuímos que é importante, mas o uso que dela fazemos é meramente funcional e utilitário, pois temos fé, meditamo

Treinar a Mudança

Imagem
Bailarinas coreanas “ É importante sublinhar o fato de que o treinamento para se obter a excelência em qualquer domínio requer uma dose considerável de prática. As abordagens ocidentais não incluem esse esforço persistente e a longo prazo para se fazer mudanças duradouras nos estados ou traços emocionais. A idéia de treinar a mente não figura entre as preocupações que pressionam o homem moderno, como o trabalho, as atividades culturais, os exercícios físicos e o lazer”. “ O ensino dos valores humanos é em geral considerado uma incumbência da religião ou da família. A espiritualidade e a vida contemplativa são reduzidas, assim, a meros complementos vitamínicos da alma. Os conhecimentos filosóficos que adquirimos são quase sempre distantes da nossa prática, e cabe ao indivíduo escolher suas próprias regras de vida. Mas em nossa época, a pseudoliberdade de fazer tudo o que passa pela cabeça e a falta de referências deixa o indivíduo infeliz e desamparado. As c

Interdependência

Imagem
Zen Master Thich Nhat Hanh "Se você for um poeta.. verá claramente que há uma nuvem flutuando nesta folha de papel. Sem uma nuvem, não haverá chuva; sem chuva, as árvores não podem crescer e, sem árvores, não podemos fazer papel. A nuvem é essencial para que o papel exista. Sem uma nuvem, não podemos ter papel, assim podemos afirmar que a nuvem e a folha de papel intersão. Se olharmos ainda mais profundamente para dentro desta folha de papel, nós poderemos ver os raios do sol nela. Se os raios do sol não estiverem lá, a floresta não pode crescer. De fato, nada pode crescer. Nem mesmo nós podemos crescer sem os raios do sol. E assim nós sabemos que os raios do sol também estão nesta folha de papel. O papel e os raios do sol intersão. E, se continuarmos a olhar, poderemos ver o lenhador que cortou a árvore e a trouxe para ser transformada em papel na fábrica. E vemos o trigo. Nós sabemos que o lenhador não pode existir sem o seu pão diário e, conseqüentemente, o tri
Imagem
Nina Lima,1980. MAMY Tudo na minha vida. O que me realiza. Me mostra; tudo de bom Que o mundo gosta. Na sua sabedoria Tudo aquilo que eu queria, Se transforma, se cria Tornando a minha vida: Cheia de alegria. Você é a base de minha vida, Neste beco com saída. Tudo o que fizeres te admirarei E, com certeza, Teus passos seguirei. Tudo o que aprendi Com você, ensinarei. Pois tudo que saberei No decorrer da vida, Serão lições que tive, De quem eu, Sempre amarei. Para o resto da vida A palavra chave é MÃE Sempre, Eternamente, Claramente, Na minha mente Você está e estará Sempre presente; No meu corpo Na minha alma No meu ser Por eu saber Que o difícil será Algum dia te esquecer. Isso não! Nunca irá acontecer. Só me resta dizer: Te amo Mais que tudo Na minha vida. Sem pudor, sem rancor. Simplesmente Só com amor. Por Nina Lima, 1990.

Dor da Alma

Imagem
Roberto Gambini, no lançamento do livro: A Voz e o Tempo, novembro 2008. A obra recebeu o Premio Jabuti de 2009 na categoria: Educação, Psicologia e Psicanálise. “... então, devemos sempre nos perguntar se aquilo que inicialmente se manifesta como dor, ainda que muitas vezes negada e não nomeada, não poderá conter seu âmago uma matéria misteriosa e transformadora, que no entanto nenhuma psicologia define nem conceitua, como se fosse um território inaccessível à elaboração mental e ao entendimento. Portanto, encaro a terapia como um trabalho capaz de tocar um cerne obscuro que nos apavora, e que até preferiríamos ignorar, que é o coração da agonia , porque lá, em seu mais íntimo, pulsa e vibra uma força de renascimento e restauração do que foi destruído e caiu nas trevas da sombra. Algo portentoso: mas é difícil chegar nessa medula psíquica geradora de energias vitais, assim como os grandes físicos, dentre os quais Einstein, descobriram que no interior do átomo estavam aprisionadas e

Dia dos Animais - 4 de Outubro

Imagem
Por Tereza Kawall Revista Planeta, outubro de 2009. É inegável que o interesse pela vida animal vem crescendo de forma expressivanos últimos anos. Quem não se encanta com os bailados dos golfinhos e das baleias, com a diversidade dos peixes e dos extraordinários cenários do fundo do mar? E como não se deliciar com as estratégias de sobrevivência , o instinto de proteção e carinho entre os animais selvagens? Documentários, fotos, aquários gigantescos, zoológicos de todo mundo exibem animais e seus filhotes como verdadeiras celebridades, fascinando público de todas as idades. Os animais domésticos, em especial os cães e gatos tem essa deliciosa imprevisibilidade, seus humores, tristezas, a espera ansiosa por nossa volta á casa, e tantas outras situações que de uma forma ou outra sacodem nossos sentimentos, mau humor, alegria ou preocupação. É fácil perceber que a ligação emocional com os animais se dá , basicamente, através deste mecanismo fis

A linha e o linho

Imagem
Bordado de Silvia Merckel A Linha e o linho É a sua vida que eu quero bordar na minha Como se eu fosse pano e voce fosse a linha E a agulha do real nas mãos da fantasia Fosse bordando, ponto a ponto, nosso dia-a-dia E fosse aparecendo aos poucos nosso amor Os nossos sentimentos loucos, nosso amor O ziguezague do tormento, as cores da alegria A curva generosa da compreensão Formando a pétala da rosa da paixão A sua vida, o meu caminho, nosso amor Você e a linha, e eu o linho, nosso amor Nossa colcha de cama, nossa toalha de mesa Reproduzidos no bordado a casa, a estrada, a correnteza O Sol, a ave, a árvore, o ninho da beleza. Canção de Gilberto Gil para Flora,1983.