Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

CURSO ON LINE PSICOLOGIA JUNGUIANA

Imagem
CURSO ON LINE DE PSICOLOGIA JUNGUIANA ESTE É UM CURSO INTRODUTÓRIO, com alguns dos aspectos centrais da Psicologia Analítica. São oito módulos, as aulas são gravadas em vídeos, e acompanhadas de slides em PDF e uma apostila com ampla bibliografia. Você poderá assisti-lo em sua casa, e no seu próprio ritmo! O conteúdo é apresentado de forma simples e didática, e é acessível para qualquer pessoa. Foi pensado para terapeutas, psicólogos que desejam conhecer melhor os fundamentos desta fascinante escola, e também para aqueles que desejam investir em seu autoconhecimento!  Para ter mais informações, acesse o link: www.cursojungonline.com.br Facebook: JUNG online INTRODUÇÃO E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO   Hoje estamos comemorando 140 do nascimento de Carl Gustav Jung, que nasceu em 1875, na Suíça. Aos 25 anos Jung formou-se em medicina e trabalhou como psiquiatra durante bastante tempo com doentes mentais em estado grave.  JUNG posteriormente elaborou os conceitos de chama

OS SONHOS, A PSIQUE E OS ANIMAIS

Imagem
"Neste inicio de milênio, talvez a mais desafiadora tarefa que deve enfrentar o homem contemporâneo seja a aceitação cabal de sua condição de mera criatura, num mundo cheio de harmonia e beleza, e o reconhecimento de incomensaurável destrutividade que golpeia o planeta de modo cada vez mais assustador. Aquilo que a natureza levou milhões de anos para desenvolver pode hoje desaparecer num piscar de olhos, graças à letalidade instantânea de nossa mais avançada tecnologia de alto impacto ambiental.  Oceanos inteiros, camadas da biosfera, rios e suas nascentes, a terra e seus frutos, florestas, vales e montanhas - nada mais é inatingível. Como um deus às avessas, em vez de criar vida, o homem finalmente tornou-se senhor absoluto da tecnologia da morte, e vem dando conta do inconfessável destino de destuir o planeta que é o seu meio vital. Nada poderia expressar melhor essa catástrofe do que a progressiva extinção das espécies animais. Sem defesa, sem voz e sem protesto, uma a