OS MUTANTES


O "mutante" Alex Grey, artista plástico














O " mutante" Pierre Weil, educador,
escritore psicólogo transpessoal



“Provavelmente o nome “ mutante” foi escolhido por o terem relacionado com o fenômeno a que, em genética, se denomina mutação de genes.
O Ponto de Mutação, de Fritjof capara, inscreve-se nessa perspectiva. Sua publicação em inglês data daquela época ( anos 60 e 70), assim como “ A conspiração aquariana”, de Marilyn Ferguson. Estes e muitos outros autores são a principal fonte de inspiração e constituem modelos para a grande mutação pessoal.
São teólogos, físicos, antropólogos, psicólogos, romancistas, entre outros, todos eles mutantes, também.

Encontramos, ao longo dos anos o, ou melhor , os denominadores comuns a esses autores, o que pode nos dar uma pista para traçar o perfil do nosso mutante. A essa visão comum chamamos holística e transdisciplinar.
Todos os mutantes, caracterizam-se por uma nova visão do Divino. A versão primitiva de um Deus antropomórfico, para eles, é relegada a estória para embalar o sono das crianças. A nova visão divina não é apenas mais um conceito, mas faz parte de uma vivência.

Essa postura é fortemente influenciada por um conjunto de evidências colocadas em relevo por ciências de ponta, entre as quais, convém citar a microfísica e a física quântica, a parapsicologia, a psicologia transpessoal e a antropologia das religiões.

O que caracteriza o nosso mutante será o resultado do trabalho sobre si mesmo, visando a uma transformação profunda em direção a superconsciência. Seus heróis e modelos são os grandes sábios, místicos e santos da história ou da contemporaneidade. As práticas transformativas é que determinam sua nova forma de ser consigo mesmo e com os outros, isso é, a qualidade de suas relações amorosas e da vida profissional e social, caracterizadas pela prática da compaixão”.

Do livro: Os Mutantes
Pierre Weil
Editora Verus, 2003

Comentários

"A nova visão divina não é apenas mais um conceito, mas faz parte de uma vivência." Tereza,quanto de belo ele nos deixou! Irei compartilhar no facebook. Beijos.

Postagens mais visitadas deste blog

Labirinto de Chartres

CRISTO, ARQUÉTIPO DA SÍNTESE E DO SELF

PARACELSO E OS ELEMENTAIS