Nina Lima,1980.

MAMY


Tudo na minha vida.
O que me realiza.
Me mostra; tudo de bom
Que o mundo gosta.
Na sua sabedoria
Tudo aquilo que eu queria,
Se transforma, se cria
Tornando a minha vida:
Cheia de alegria.
Você é a base de minha vida,
Neste beco com saída.
Tudo o que fizeres te admirarei
E, com certeza,
Teus passos seguirei.
Tudo o que aprendi
Com você, ensinarei.
Pois tudo que saberei
No decorrer da vida,
Serão lições que tive,
De quem eu,
Sempre amarei.
Para o resto da vida
A palavra chave é
MÃE
Sempre,
Eternamente,
Claramente,
Na minha mente
Você está e estará
Sempre presente;
No meu corpo
Na minha alma
No meu ser
Por eu saber
Que o difícil será
Algum dia te esquecer.
Isso não!
Nunca irá acontecer.
Só me resta dizer:
Te amo
Mais que tudo
Na minha vida.
Sem pudor, sem rancor.
Simplesmente
Só com amor.

Por Nina Lima, 1990.

Comentários

Adelia Ester disse…
Tereza Querida, me emocionei ao ler estas palavras escritas da Nina. Um reconhecimento amoroso de filha para mãe que enternece e enobrece a ambas. Que coisa mais linda! Parabéns, pois confirma e reafirma seu mérito! Beijo. Meu afeto. P.S. Ela está muito fofa nesta foto! Lembranças belas, não é mesmo?
Ora e meia, quando entro aqui torno a olhar esta foto muito linda da Nina. Ela "fala" muito; tem muito a ver com a moça atual. Beijo Afetuoso.

Postagens mais visitadas deste blog

Labirinto de Chartres

CRISTO, ARQUÉTIPO DA SÍNTESE E DO SELF

PARACELSO E OS ELEMENTAIS