Os Deuses Olímpicos e a Astrologia



Na antiga Grécia, o monte Olimpo era a morada dos deuses- nesta ilustração de Monsiau ( século 18), vemos todos eles , possivelmente discutindo o destino dos mortais: Esquerda: Hera, Hades, Dionisio, Ares, Afrodite, - direita Cronos, Helios, Ártemis, Hermes, Poseidon; acima o todo poderoso Zeus.


"Visto através das lentes planas da observação do comportamento humano, o mapa astrológico é estático: nada mais é do que uma série de traços fixos característicos, ou um mapa de potencialidades, muitas das quais, por motivos inexplicáveis, parecem não poder ser desenvolvidas perfeitamente pelo indivíduo.

No entanto, visto através das lentes tridimensionais de uma dualidade consciente-inconsciente, surge um jogo completo – repleto das curvas e reviravoltas de uma trama surpreendente, povoada de caracteres shakesperianos e tragicômicos, de tramas ornamentadas com palcos e trajes engenhosamente modificados, pontilhadas de sugestões perfeitamente sincronizadas, em que cortinas se abrem e se fecham, havendo intervalos em que todos saem para tomar uma xícara de chá.

O mapa astrológico é, de fato, um mapa de potencialidades e de traços de caráter, e revela uma imagem detalhada de personalidade do individuo como um todo. Todavia, como as personagens de uma peça teatral, todos os planetas não aparecem em cena simultaneamente; os papéis podem ser representados de várias maneiras, conforme a interpretação e a habilidade dos atores; a sincronização precisa ser coordenada por um diretor de cena que se preocupe com a opinião do público.

E alguns caracteres são incapazes de subir no alço, trancados nos bastidores pela imperiosa vontade do ego ou pelos ditames das vozes paternas, entorpecidos e acorrentados, incapazes de falar, salvo através de explosões temperamentais, de sonhos, de doenças e de compulsões, e capazes, unicamente, de usar de sabotagem para comunicar o fato de que ainda estão vivos, `a espera de serem ouvidos, a despeito dos esforços que o individuo faz para se tornar aquilo que não é.

Em todos os horóscopos há dimensões conscientes – qualidades e valores com os quais a pessoa se identifica – e há dimensões que permanecem inconscientes, em parte devido às repressões durante a fase da infância, em parte devido às expectativas e pressões sociais, e também devido a alguma convicção moral mal orientada, ou por mera ignorância do que esses caracteres realmente são”.

Liz Greene e Howard Sasportas,
Em a Dinâmica do Inconsciente
Editora Pensamento, 1990.
OBS: Correspondência dos nomes das divindades greco-romanas:
Juno, Plutão, Baco, Marte, Vênus, Saturno, Mercurio, Apolo, Diana, Netuno, Júpiter.

0 comentários: