Postagens

Mostrando postagens de 2018

JUNG , SENTIMENTOS E REFELXÕES

Imagem
“ O elemento feminino teve um influencia determinante na personalidade e no pensamento de Jung. O intelecto, o espírito puramente masculino do mundo do conhecimento profissional, lhe era estranho, porque esse universo nada sabe dos processos de fertilização pela via do inconsciente. Disse ele uma vez:” Mas uma mente mais ampla traz a marca do feminino; ela é dotada de um ventre receptivo e fértil que pode remodelar o que é estranho e dar-lhe uma forma familiar.” É esse o dom raro de um intelecto maternal que era característico de Jung. Como costumava acontecer com homens muito viris, Jung tinha uma formação emocional e sentimentos marcados por uma forte sensibilidade e enorme vulnerabilidade, embora ocultos sob modos joviais e interesse pela vida.   Poucos homens sofreram tanto quanto ele; sua grande obra criadora foi arrancada, não apenas ao quente abismo das paixões, mas também ao sofrimento. As feridas pessoais, embora pudessem atingi-lo de maneira profunda, não o afetavam

ALMANAQUE DO PENSAMENTO 2019

Imagem
Pessoal, o Almanaque do Pensamento já saiu, está à venda online ( link) e nas livrarias. Não deixem de ver o artigo sobre as crianças, suas brincadeiras favoritas e os quatro elementos da Astrologia. https://www.grupopensamento.com.br/produto/almanaque-do-pensamento-2019-6038

MAPA ASTROLÓGICO: O QUE É

Imagem
O QUE É O MAPA NATAL , O ASCENDENTE, O SOL E A LUA A palavra horóscopo vem do grego “horoscopay” que significa “observação do céu num dado momento”. O mapa natal é como a fotografia da posição dos planetas ao redor da Terra, o que torna a Astrologia um sistema geocêntrico; tudo é observado do nosso ponto de vista. O mapa de nascimento é portanto, um guia, uma pista ou um caminho a ser seguido. Nossa  “impressão celestial”, única e intransferível. O horóscopo, ou a carta de nascimento, mostra assim um padrão energético que existe no plano físico, mental ou emocional, podendo revelar uma maneira mais natural ou adequada de quem você é ou do que a vida é para você. É muito importante dizer que o meio ambiente em que esse “eu” vai se desenvolver também é fundamental nas características da sua formação. Assim como a semente de uma árvore guarda em si todas as características latentes dela, também nós já nascemos com algumas qualidades e características individuais. Nossos talentos
Imagem
Já saiu o Almanaque do Pensamento de 2019! Para quem gosta de Astrologia bons artigos e dicas para seu dia a dia. Veja no link abaixo, com preços promocionais: https://www.grupopensamento.com.br/produto/almanaque-do-pensamento-2019-6038 Boa leitura!!

PENSAMENTOS DE JUNG

Imagem
20 FRASES DE JUNG PARA VOCÊ REFLETIR: 1. “Até que você torne o inconsciente em consciente, aquele irá direcionar a sua vida e você irá chamá-lo de destino.” 2. “Tudo que nos irrita nos outros pode nos levar a uma compreensão de nós mesmos.” 3. “A reunião de duas personalidades é como o contato de duas substâncias químicas: se houver alguma reação, ambas são transformadas.” 4. “Você não se torna iluminado imaginando figuras de luz, mas sim ao tornar a escuridão consciente. Porém, esse procedimento é desagradável, portando, não popular.” 5. “Conhecer a sua própria escuridão é o melhor método para lidar com as trevas das outras pessoas.” 6. “Se você é uma pessoa talentosa, isso não significa que você ganhou algo. Significa que você tem algo a oferecer.” 7. “Erros são, no final das contas, fundamentos da verdade. Se um homem não sabe o que uma coisa é, já é um avanço saber o que ela não é.” 8. “Sua visão se tornará clara somente quando você olhar para o seu próprio

O PODER DO MITO

Imagem
                                                                         Bill Moyers  entrevista Joseph Campbell Campbell:Os mitos estimulam a tomada de consciência de sua perfeição possível. A plenitude se sua força, a introdução de luz solar no mundo. Destruir monstros é destruir coisas sombrias. Os mitos o apanham, lá no fundo de você mesmo. Quando menino, você os encara de um modo, como acontecia comigo ao ler histórias dos índios. Mas tarde, os mitos lhe dizem mais e mais e muito mais. Quem quer que tenha trabalhado seriamente com idéias religiosas ou míticas lhe dirá que, quando crianças, nós as aprendemos num certo nível, mas depois muitos outros níveis se revelam. Os mitos são infinitos em sua revelação. Moyers: Como fazer para destruir o dragão em mim?Como é a jornada que cada um de nós tem que empreender, que você chama “ a alta aventura da alma”? Campbell: Minha formula geral para os estudantes, é: “ Persiga sua bem-aventurança”. Descubra onde ela está e

O QUE É UM MITO?

Imagem
“ Um mito é um modo de dar sentido a um mundo sem sentido. Mitos são padrões narrativos que dão significado à nossa existência... Mitos são como as vigas de uma casa: invisíveis a uma visão exterior, são a estrutura que mantém a casa de pé para que as pessoas possam morar nela. Por meio de seus mitos uma sociedade dá a seus membros alívio para a culpa neurótica e para a ansiedade excessiva.  Na antiga Grécia, por exemplo, quando os mitos eram vitais e fortes, nos indivíduos na sociedade eram capazes de enfrentar os problemas de existência sem ansiedade opressiva ou sentimentos de culpa. Por isso, encontramos os filósofos daquela época discutindo beleza, verdade, bondade e coragem como valores na vida humana. Os mitos liberaram Platão, Ésquilo e Sófocles para criar suas grandes   obras literárias e filosóficas, que nos foram legadas como preciosidades. Os mitos são nossa auto-interpretação de nosso Self interior em relação ao mundo externo. Suas histórias por meio das quais

O PODER DE MUDAR

Imagem
O poder de mudar Em maior ou menor grau, recebemos poder por intermédio de várias influências – familiar, educacional, cultural. Com o passar do tempo, essas influencias também moldam nossos pensamentos e crenças. Poder é energia com um propósito, portanto qualquer coisa que venha se tornado habitual perde o propósito e, conseqüentemente, o poder. O poder de mudar é essencial se queremos por fim ao estresse, o que é crucial se queremos relaxar. Em seu livro Feel the fear and do it anyway, a doutora Susan Jeffers resume o resultado do hábito: “Se você sempre faz o que sempre fez, você sempre obterá o que sempre obteve”. Em outras palavras, a menos que rompamos com os hábitos e nos apliquemos em mudar, sempre nos sentiremos tensos, pois nunca conseguiremos romper com os padrões do pensamento negativo. Todos temos várias reservas de energia dentro de nós, mas quando se perde o propósito e a auto-expressão é bloqueada não conseguimos extrair de nós esses fenomenais recursos.

PALESTRA NA SOUL

Imagem
Na Astrologia, o arquétipo de Saturno, entre outras coisas, diz respeito a sombra humana. Liz Greene, em seu livro de mesmo nome, diz: “ Saturno simboliza um processo psíquico, assim como uma qualidade ou tipo de experiência. Ele não é simplesmente um símbolo de dor, de restrição e de disciplina, mas também um símbolo do processo psíquico, comum a todos os seres humanos, por meio do qual um individuo poderá utilizar as experiências de dor, de restrição e de disciplina como um meio de ampliar sua consciência e desempenho”. ...”Saturno está relacionado com o valor educativo da dor e com a diferença entre valores exteriores – aqueles que trabalhamos para descobrir dentro de nós mesmos. O papel de Saturno enquanto Fera é um aspecto indispensável do seu significado, pois, conforme nos relata o conto, a Fera só pode se libertar do encantamento e se transformar em Príncipe quando for amada por aquilo que ela é”. A sombra também guarda talentos, recursos e habilidades que estã

LIVE DA PALESTRA DO DIA 20 DE SETEMBRO NA SOUL EM CAMPINAS

Pessoal, aqui vai o link da " live" que eu a MArcia Ferreira Silva fizemos para divulgar a palestra que está no banner da ultima postagem. Espero que aproveitem!! https://www.facebook.com/marcia.ferreirasilva.399/videos/2256288637720869/?notif_id=1536949211200820&notif_t=feedback_reaction_generic

PALESTRA CEAP / JUNG E ASTROLOGIA PSICOLÓGICA

Imagem
PALESTRA NO ESPAÇO SOUL EM  CAMPINAS/SP DATA : 20/09/18 - 5a f - 20 hs às 21:30 hs Gratuita, mas é necessário se inscrever em:  https://www.eventbrite.com.br/e/interfaces-entre-jung-e-ast… Jung compreendeu a Astrologia como uma representação simbólica dos arquétipos do inconsciente coletivo e encontrou neste estudo uma riqueza de significados espirituais e psicológicos, inclusive utilizando-a como uma ferramenta de diagnóstico em sua prática analítica. O que podemos aprender s obre esta correlação entre Jung e Astrologia? PALESTRANTES Márcia Ferreira Silva , ISAR C.A.P. Astróloga e Psicóloga com aprofundamento em Psicanálise e Psicologia Junguiana. Ministra cursos de astrologia online, presenciais e realiza atendimentos no C.E.A.P. em Campinas.Palestrante em congressos nacionais e internacionais. Obteve o título ISAR C.A.P., reconhecido mundialmente. www.astrologiaceap.com.br marciaf@astrologiaceap.com.br Tereza Kawall Astróloga e Psicó

AS SETE OFERENDAS

Imagem
Sete são as oferendas que podem ser praticadas, até mesmo pelos mais pobres: A primeira delas é a oferenda física, é o sacrifício próprio na execução do bom trabalho; A segunda é a oferenda espiritual, por meio da qual se oferece um coração compassivo a todos; A terceira é a oferenda dos olhos, que consiste em dirigir a todos um cálido olhar, transmitindo-lhes tranquilidade; A quarta é a oferenda do semblante, que consiste em manter uma fisionomia suave, iluminada por um sorriso; A quinta é a oferenda da fala, pela qual se deve dirigir aos outros palavas sempre construtivas; A sexta é a oferenda do assento, pela qual se pode oferecer seu lugar ao outro; E a sétima é a oferenda do abrigo, que consiste em oferecer sua casa ao viajante e seu coração a acolher os peregrinos". ( O Caminho Prático da Realização, in "A Doutrina de Buda", pela Fundação Bukkyo Dendo Kyokai, 1996). Parte superior do formulário s

MENINOS NAS CAVERNAS

Imagem
Por Tereza Kawall Diariamente ouvimos notícias dramáticas que envolvem crianças, estejam elas em suas salas de aula aqui no Brasil, em travessias marítimas arriscadíssimas em processos migratórios humilhantes, ou em meio de cidades devastadas por guerras insanas no Oriente Médio. As imagens devastam também a nossa fé na humanidade. Ao que parece a estupidez humana vem andando no sentido inverso da extraordinária evolução tecnológica que assistimos nos últimos dois séculos. Quem pode entender esse homem das cavernas em pleno século 21? Mas quero voltar às crianças, e em especial aquelas encontradas nas cavernas da Tailândia, que estavam desaparecidas há muitos dias, sem luz, água ou alimentos. Estavam vivas e para nossa surpresa, algumas estavam sorridentes. O seu longo e complexo resgate foi acompanhado com muita comoção pelo mundo todo. Como não torcer por aqueles 12 meninos e seu treinador? Todos puderam ver um espetáculo de solidariedade humana, que somada à engenhosa tec

A ÁRVORE DA VIDA

Imagem
Michael Meade  " O simbolismo original da Árvore da Vida envolve um sentido mítico de um eixo do mundo, o “ axis mundi ” em torno do qual a criação foi criada, o centro unificado onde todas as dualidades e oposições se unem. Como ponto central, a árvore permanece eternamente tranquila; no entanto,  vivendo e respirando, Árvore da Vida  apresenta uma imagem central de constante mudança. Ela cresce das mesmas raízes invisíveis, está enraizada na imaginação da vida no sustento da Alma do Mundo.   Ela também está enraizada na mente antiga e na alma antiga da humanidade, onde deve ser regada por sonhos e anseios e nutrida por canções e danças que faz as coisas   serem plenas, mesmo que apenas por um momento. Cada retorno ao centro da árvore   se torna um retorno às origens da vida e, portanto, uma renovação do mundo. A relação entre árvores e pessoas é antiga. Assim, as coisas poderiam recomeçar, se aquela relação antiga e misteriosa fosse renovada e revitalizada. A Á

MITO DA CRIAÇÃO

Imagem
Satã observando Adão e Eva, por William Blake. Toda criação brota de uma plenitude. Os deuses criam por um excesso de poder, por um transbordar de energia. A criação se faz por um acréscimo  de substância ontológica. É por isso que o mito que conta a manifestação vitoriosa de uma plenitude de ser, torna-se o modelo exemplar de todas as atividades humanas: só ele revela o real, o superabundante, o eficaz.  A função mais importante do mito é “fixar” os modelos exemplares de todos os ritos e de todas as atividades humanas significativas: alimentação, sexualidade, trabalho, educação etc.  Comportando-se como ser humano plenamente responsável, o homem imita os gestos exemplares dos deuses, repete suas ações, quer se trate de uma simples função fisiológica, como a alimentação, quer de uma atividade social, econômica, cultural, militar etc. Mircéa Eliade, O sagrado e o profano. São Paulo: Martins Fontes, 1992 . .

ECKHART TOLLE E A ENTREGA

Imagem
Resignação não quer dizer entrega. .."A entrega é  perfeitamente compatível com tomar uma atitude, iniciar uma mudança ou atingir objetivos. Mas, no estado de entrega, uma energia totalmente diferente flui naquilo que fazemos. A entrega nos religa com a fonte de energia do Ser, se as nossas ações estiverem impregnadas com o Ser, elas se tornam uma alegre celebração da energia da vida, que nos aprofunda cada vez mais no Agora. Através da não resistem cia, a qualidade da nossa consciencial, e, portanto, a qualidade do que estivermos fazendo  ou criando, aumenta sem medidas. Os resultados vão falar por si mesmo se refletir essa qualidade.  Podemos chamar isso de " ação de entrega". ...entregar-se é a coisa mais importante que você pode fazer para provocar uma mudança positiva. ..Isso não significa que você não deva traçar um plano. Planejar talvez seja a unica coisa que você possa fazer agora. Mas certifique-se de que você não vai começar a rodar" filmes

PARACELSO E OS ELEMENTAIS

Imagem
“O fato de compreendermos os quatro elementos pode, como vimos, contribuir de muitas maneiras para o autoconhecimento, mostrando como podemos viver melhor em nossa própria companhia, como podemos satisfazer as nossas necessidades e revitalizar nosso campo de energia. Os elementos também nos são uma indicação a respeito de como controlar e canalizar vantajosamente as nossas energias. O médico e astrólogo medieval Paracelso,   homem que Jung considerou um precursor dos psicólogos modernos, atribuiu um espírito da natureza, específico, a cada um dos elementos. Esses espíritos, ou suas variações, são encontrados em todas as mitologias do mundo e simbolizam graficamente o modo de operação do elemento. Este não é o momento para nos alongarmos sobre a questão de quão “ reais” são tais espíritos, mas ma breve referencia, aqui, às obras de Paracelso, mostrará como podemos trabalhar com essas forças.                                                                                           

EDUCAR O CORAÇÃO

Imagem
P alavras sábias de Dalai Lama Precisamos educar o coração “O meu desejo é que, um dia, a educação formal preste atenção à educação do coração, ensinando amor, compaixão, justiça, perdão, atenção plena, tolerância e paz. Esta educação é necessária, desde o pré-escolar até ao ensino secundário e universitário. O que quero dizer é que precisamos da aprendizagem social, emocional e ética. Precisamos de uma iniciativa mundial para educar o coração e a mente nesta era moderna. Atualmente, os nossos sistemas educativos são orientados principalmente para valores materiais e para o treino do nosso conhecimento. Mas a realidade ensina-nos que não chegamos à razão somente pela compreensão. Devemos colocar maior ênfase nos valores internos. A intolerância leva ao ódio e à divisão. Os nossos filhos devem crescer com a idéia de que o diálogo, não a violência, é a melhor forma de resolver conflitos. As gerações mais jovens têm uma grande responsabilidade de garantir que o mundo se

ALQUIMIA E A INTEGRAÇÃO DOS OPOSTOS

Imagem
“ Para que os ramos de uma árvore cheguem ao céu Suas    raízes precisam chegar ao inferno” Máxima alquímica medieval “Os componentes básicos da alquimia são considerados como provas de que a natureza é composta de elementos primários, de que há uma evolução e transformação graduais da substancia existente na natureza, de que existem sistemas que podem ser utilizados para incitar e induzir essa transformação, de que existe aí uma interação entre o ser interior do individuo e os acontecimentos alquímicos ocorridos durante uma experiência, de que o conhecimento do sistema de correspondências entre planetas, ervas, minerais, animais e partes corpóreas (conhecido como a Doutrina das Correspondências) é vital para o trabalho, e de que o objetivo final é chegar à origem de uma essência espiritual que se acredita existir na matéria e que às vezes é denominada Pedra do Filósofo, ou Pedra Filosofal.  Além do mais, o método utilizava pares de opostos complementares ( sol/lua, our

MÚSICA DAS ESFERAS

Imagem
                                                                               Aquele que sabe o segredo do som, sabe o mistério de todo o universo." - Hazrat Inayat Khan Música das Esferas Alguns astrólogos antigos entenderam verbum como som. A base para essa interpretação estaria na sua argumentação de que, na tradição que defendiam, a criação deveria ser vista com a cristalização do canto do Criador. Pitágoras desenvolveu sua teoria a partir deste entendimento: a estrutura da música explicaria a estrutura do universo. Era através da música que da melhor maneira se poderia entrar no conhecimento do cosmos. Essa relação entre música e matemática estabelecida pela via astrológica foi revelada a Pitágoras quando, passando diante de uma oficina de ferreiro, ouviu dois martelos batendo numa bigorna. Soavam com a diferença de uma oitava um do outro. Oitava, em música, é um intervalo que abrange oito notas da escala diatônica (que procede na sucessão natural dos tons