Postagens

Mostrando postagens de 2014

OUVIR ESTRELAS - 2015

Imagem
Por Tereza Kawall VISLUMBRE DE 2015 Toda nossa existência é pautada e compreendida através dos ciclos. Sejam eles determinados pelos dias da semana, do mês, dos anos ou pelos ciclos das estações. A infância, a juventude, a maturidade, a velhice e a morte. Nada escapa, inexoravelmente, à passagem do tempo, vale dizer, tudo tem um início, meio e fim. Eventos relevantes em nosso dia a dia parecem estar indicando que nosso país está vivendo um final de um ciclo.  A despeito do resultado das eleições em 2014, muito esforço terá de ser feito para o nosso país volte para uma rota de crescimento, em todos os aspectos. Os governantes deverão estar mais atentos às inúmeras reivindicações que pudemos ver durante as manifestações de rua.  Nosso desempenho sofrível na Copa do Mundo jogou por terra a velha máxima de que: “ somos o país do futebol”, e com ela boa parte da nossa auto estima. Uma grande interrogação está suspensa no ar. Afinal, que país queremos ser?  O Brasil, sempre ap

MARTE E A MITOLOGIA

Imagem
Por Tereza Kawall Na antiga Grécia, Ares era o deus das guerras, filho de Zeus e Hera.  Embora tivesse sua ascendência direta com deuses olímpicos, esta divindade ocupava um lugar secundário no panteão grego. Colérico, brutal e agressivo, Ares tinha dois escudeiros que o acompanhavam todo o tempo , inclusive nos campos de batalha: Deimos ( terror) e Phobos( medo).  Posteriormente esses forma os nomes dados às atuais luas de Marte.) tinha o deus mais dois acompanhantes, que eram Eris ( discórdia) e Enyo ( o destruidor das cidades).  Ares não era muito admirado pelos gregos, seus papel se restringia a guerrear simplesmente. Assim estava mais relacionado à coragem cega, o ódio, a crueldade. Apesar de sua tremenda força física, Ares acabava por perder muitas batalhas, tendo que se retirar humilhado e vencido.  Entre ele e sua irmã, Palas Atena, filha de Zeus, havia uma rivalidade profética. Palas Atena representava a inteligência e acabava vencendo as batalhas pois era o símbolo

DISTRAÍDOS DO ESSENCIAL

Imagem
Por Tereza Kawall DISTRAÍDOS DO ESSENCIAL  Pensando bem, nossos problemas atuais não são de natureza econômica, política, científica, ambiental, seja lá o que for.  Nosso verdadeiro e incomensurável problema é inequivocamente o homem, nossa humanidade, assim chamada por aquilo que deveria nos definir como humanos.  Aqui, leia-se e entenda-se “ consciência” com tudo o que ela representa, sem licença poética, em um contexto racional, ético, moral, que pode discriminar valores, e que teoricamente é o que nos diferencia das plantas, dos animais,das borboletas, dos peixes, da grama, das formigas, dos sabiás, das conchas, das pedras, dos minérios e do orvalho matinal.  Ah, sim, fazemos rituais para nossos mortos, abraçamos a religião como suporte para o viver, fazemos filosofia, leis, manifestações artísticas de toda ordem.  Construímos incríveis túneis aquáticos e pontes quase aéreas, maravilhas da tecnologia moderna. Aquele que chamamos de “ arranha-céu” também perfura as

ALMANAQUE DO PENSAMENTO 2015

Imagem
Escrevi neste número: 2015: Ano de Marte, na visão astrológica e mitológica. Os trânsitos planetários para o Brasil em 2015 Guia astral diário Doze lunações, mês a mês para o mesmo período. Marte nos signos A Origem dos calendários A posição de todos os planetas, nos diferentes signos. E outras curiosidades que você certamente vai aproveitar e curtir!! Abraços!

LUNAÇÃO PARA NOVEMBRO DE 2014

Imagem
LUNAÇÃO DE NOVEMBRO DE 2014  Uma lunação é o encontro do Sol e da Lua num determinado signo. Ela representa o início de um novo ciclo, que como uma semente contém uma vida, uma idéia , um determinado impulso que vai germinar, brotar, crescer e aparecer para o mundo, para depois minguar. E um outro ciclo acontecerá no signo e mês seguinte, e assim por diante, pois a lunação acontece em todos os signos zodiacais durante os doze meses do ano.  Os antigos diziam que a Lua Nova era o casamento do Sol e da Lua, sendo o encontro sagrado dos dois luminares, os princípios masculino e feminino presentes em todas as manifestações de vida e da natureza. Há estudiosos que afirmam ser este um momento muito auspicioso para visualizar e pedir ao cosmos aquilo que falta em nossa vida; assim estaremos criando mentalmente aquilo que queremos atrair para nossa existência. Alguém ainda duvida do poder da mente?  Disse o mestre Jung sobre o fantasiar e o imaginar:  “ A psique cria realidade todos

JUNG, A PSIQUE COLETIVA E A ASTROLOGIA

Imagem
" Na realidade a astrologia floresce hoje como sempre. Há uma biblioteca conceituada de livros e revistas de astrologia que são muito mais procurados do que as melhores obras científicas. Os europeus e americanos que solicitam horóscopos não se contam aos milhares, mas aos milhões. A astrologia é uma ocupação crescente.. Na realidade, a Christian Science inunda a America e a Europa. Centenas de milhares de pessoas, deste e do outro lado do oceano são adeptos ferrenhos da Teosofia e da antroposofia. Quem pensar que os rozacruzes são uma lenda do passado vê-los-ia ainda hoje vivos como outrora, se tivesse olhos abertos. A magia popular e as ciências ocultas também não morreram. Não acredite porém que só a ralé  está ligada a essas superstições. Todo mundo sabe que é preciso subir muito para encontrar os representantes do  outro princípio. Quem se interessar pela verdadeira psicologia humana deve considerar tais fatos. Se uma porcentagem tão grande do povo sente a necess

HORA DE REFLEXÃO E AÇÃO

Imagem
Por Tereza Kawall Os planetas Júpiter, Urano e Marte encontram-se em trígono no céu deste momento, nos signos de fogo,  Leão, Áries e Sagitário, respectivamente. O que nos diz essa configuração? Qual é o Zeitgeist  ( espírito de uma época) que estamos atravessando? Temos um excelente momento para buscar uma AÇÃO positiva e confiante na vida, a despeito de inúmeras injustiças, desmando e abusos de poder que nossa nação vem passando nos últimos anos.  A indignação e a busca pela VERDADE devem e podem vir para fora; os excessos fazem parte do processo todo. Na real, penso que a raiva e a sensação de impotência recolhidas acabaram por produzir em muitos de nós um estado de anestesia e inércia quase generalizados. E daí.... bem, o dragão vai sair da caverna! Júpiter e Urano  promovem uma forte oxigenação do espírito, uma demanda de liberdade. Como arquétipos, sinalizam uma maior consciência de que os grupos sociais têm muito mais poder para mudar, e ao que pare

CONGRESSO ON LINE:ASTROLOGIA E NEUROCIÊNCIA :

Imagem
1º CONGRESSO DE ASTROLOGIA ON LINE! PALESTRA COM TEREZA KAWALL NO DIA 24 DE SETEMBRO, 10HS MANHÃ. GRATUITO! VEJA O O SITE: www.astroconet.com.br CASO QUEIRA VER TODAS AS PALESTRAS, ACESSE: http://hotmart.net.br/show.html?aK2228476T&ap=79f9 AGUARDO VOCÊS!!

GERAÇÃO CANGURU

Imagem
Por Tereza Kawall ( *) Nosso artigo tem como objetivo analisar e compreender o fenômeno da chamada “geração canguru”, que vem aumentando gradativamente no Brasil, notadamente na região sudeste , nas famílias de alta renda e na Europa desenvolvida ( MEC).  Em 2013, foi publicado pelo IBGE estudo e apontando para essa tendência de comportamento em que jovens na faixa etária entre 25 a 34 anos relutam em sair da casa de seus pais. A combinação de vários fatores marca esta tendência do adiamento da saída de casa por parte dos jovens e de seus pais que “ carregam” seus filhos por mais tempo, graças ao aumento de renda e novos padrões familiares. Em 2000, 20% dos jovens viviam com seus pais, e em 2012 esse percentual subiu para 24%, sendo q ue 60% deles são homens.  Diz Wasmalia Bivar, presidente do IBGE: “ A geração canguru é um fenômeno mundial, não necessariamente por falta de condição dos filhos saírem de casa, mas por escolha. Preferem fazer graduação, mestrado ou doutorado

HOMO HOSTILIS - A PSIQUE GUERREIRA

Imagem
                                                                                                                                                                          Assombrados com guerras e violência sem fim entre nós mesmos é impossível não nos perguntarmos: o que isto significa? Existe realmente algum propósito em vidas ceifadas desta maneira? Onde e quando morreu a razão humana? Somos intrinsecamente doentes? Reproduzo alguns trechos do  ótimo artigo de Sam Keen , " O criador de inimigos",  do livro  " Ao encontro da sombra" (*) " Nós, seres humanos, somos Homos Hostilis ( homem hostil), a espécie hostil, o animal que fabrica inimigos. Somos levados a fabricar um inimigo como um bode expiatório para carregar o fardo da inimizade que reprimimos. Do resíduo inconsciente da nossa hostilidade, criamos um alvo; dos nossos demônios particulares, conjuramos um inimigo público. E, mais que tudo, talvez as guerras em que nos envolvemos sejam rituai

INTEGRANDO OS OPOSTOS

Imagem
Jean-Yves Leloup ( Do livro: Caminhos da realização, editora Vozes) Pergunta: O que você considera uma pessoa normal? Resposta: "Será que vocês já encontraram uma personalidade bem estruturada? O que é uma personalidade bem integrada e bem estruturada?  É uma coisa muito rara e um grande tema de reflexão. É semelhante à pergunta: O que é um homem normal? Será que o Buda é um homem normal? Se ele for normal, nós todos estamos muito doentes, Se Cristo é um homem normal, nenhum de nós está bem estruturado. Nós ainda não integramos bem o céu e a terra, o infinito e o finito, o rigor e a misericórdia.  Eu creio que uma pessoa bem estruturada é alguém que está a caminho. em processo. Não podemos dizer que alguém já está estruturado porque então ele estaria acabado,completo. O homem não é um animal perfeito, mas é um animal aperfeiçoável. Nós estamos no caminho do aperfeiçoamento, estamos no caminho da estruturação. E esta estruturação é uma integração dos oposto

TODAS AS ESTRUTURAS SÃO INSTÁVEIS

Imagem
ECKHART TOLLE Seja qual for a forma que assuma, a motivação inconsciente por trás do ego é fortalecer a imagem de quem nós pensamos que somos, o eu-fantasma que passa a existir quando o pensamento - uma enorme benção , assim como uma grande maldição - começa a obscurecer a simples, e ainda assim profunda, alegria da conectividade com o Ser,a Origem, Deus. Independentemente do comportamento que o ego manifeste, a força motivadora oculta é sempre a mesma: a indessante necessidade de aparecer,, ser especial, estar no controle, ter poder, ganhar atenção. E, é claro, a necessidade deexperimentar a sensação de isolamento,ouseja, de oposição, de ter inimigos.   O ego sempre quer alguma coisadas pessoas ou das situações. No caso dele há sempre um plano oculto,o sentimenro de " ainda não é o bastante", de insuficiencia ou falta, que precisa ser atendido. Ele usa as pessoas e situações para conseguir o que deseja e, até mesmo quando é bem sucedido, nunca fica muito satisfeito

DESVENDAR A SI MESMO

Imagem
Por Tereza Kawall Num dia em que Jupiter em Cancer faz trígono com Sol e Netuno em Peixes, e com a Lua em Escorpião, imersão em águas de emoções agridoces.... E assim, vão transcorrendo os dias Céleres como as águas do rio depois da chuva Rápidos como nuvens levadas pelos ventos em dias límpidos, quando o pulmão sente o frescor do ar frio, pentrando as narinas. Estas, por sua vez, aspiram novidades que ainda se escondem por aí e , ainda não reveladas, mas pressentidas. Um pássaro voa de lá prá cá Em busca de outro galho, da volta para o ninho, quiçá um pouco de comida. Assim também os pensamentos passeiam instáveis, e vão pousando em nossas mentes por breves momentos, Para depois alçar vôo. No incansável vai e vem da existencia, dizem os mestres: " Isto também passará". Somos passantes, Somos nascentes, de águam, luz e escuridão. Transeuntes das calçadas atemporais e às vezes infernais da vida. Os passos buscam por um quê de automatismo Ou um quê
Imagem
   Jon Kabat-Zinn É fácil se deixar levar pela impressão de que meditação é interiorizar-se, ou habitar dentro de si mesmo. Mas o "dentro" e o " fora" são distinções limitadas. Na tranquilidade da prática formal, realmente voltamos nossas energias para o dentro, apenas para descobrir que acomodamos o mundo inteiro no nosso corpo e na nossa mente. Habitando o interior por longos períodos, descobrimos algo da pobreza de olhar sempre para fora de nós, à procura de felicidade, compreensão e sabedoria. Não é que deus, o ambiente ou outras pessoas não possam nos ajudar a ser felizes ou encontrar satisfação. É que nossa felicidade, satisfação e compreensão, mesmo de Deus, não serão mais profundas do que nossa capacidade de conhecer a nós mesmos interiormente, de enfrentar o mundo exterior no conforto que provém de estar à vontade consigo mesmo, de uma íntma familiaridade com os caminhos do nosso corpo e da nossa mente. Permanecendo tranquilos e fazendo uma busca int