Postagens

Mostrando postagens de 2008

Alma, Ainda e Sempre

Imagem
Roberto Gambini, analista junguiano, aut or de " A Voz e o Tempo". "Há portanto muito o que conhecer, há muitas ilusões e fantasias de que é preciso nos livrarmos , e voltemos ao princípio: todo esse trabalho, toda essa aventura, todo esse gasto- porque o paciente gasta muito dinheiro, e o terapeuta se gasta- é feito em nome de se buscar uma evolução para o simples ser humano que somos, para que possamos viver com mais profundidade e atuar no mundo com o que possivelmente de melhor tenhamos, para que possamos fazer uma pequena diferença nisso que nos cerca, sem arrogância, heroísmo ou superioridade, dando assim consistência empírica a essa experiência que chamamos alma. E o nome, afinal, não importa tanto assim - pode-se até adotar outro. Troca-se o nome, mas há uma dimensão sutil, uma experiência chamada alma.E ao dizer isso, ouço dentro de mim uma voz de alerta, de que até a palavra ' alma' está se banalizando. Círculos de discussão há em que o tema virou fei

Voltar às raízes

Imagem
Joan Chittister, freira beneditina, palestrante e escritora, voz importante na espiritualidade contemporânea. "Porque apenas não partimos de onde estamos, largamos o que estamos fazendo e "nos afastamos de tudo"? Poque não podemos. Porque simplesmente não é possível. Em primeiro lugar, o poder daquilo que nos é familiar nos chamará de volta sempre. De onde viemos é uma grande parte daquilo que somos. É a raiz da nossa identidade, o lugar do nosso crescimento. Nâo pode ser simplesmente ser desprezado, porque não está fora de nós; está dentro de nós - e sempre estará. Lutar com nossas raízes faz parte do crescimento espiritual humano." " Precisamos, solitários naturais ou não, da oportunidade de às vezes dar uma volta amigável pelo deserto da nossa vida com os outros que trilham o mesmo caminho, na esperança de que eles possam enxergar o terreno com novos olhos. "Precisamos refletir com outras pessoas sobre as perguntas que nos atormentam. Buscamos com

Felicidade

Imagem
Mathieu Ricard , monge francês, assessor do Dalai Lama, doa os dividendos da venda de seus livros para monastérios e obras de caridade. Nos últimos anos vem crescendo de forma expressiva o interesse pelo tema da " Felicidade". Pesquisas nos meios acadêmicos, um grande número de livros e revistas, e o avanço da linha da chamada Psicologia Positiva a partir dos anos 80 evidenciam que há algo que muitos de nós estamos querendo entender em toda a sua extensão de significados. Aquilo que é chamado de “ bem estar subjetivo” seria o quê? Satisfação dos desejos, riqueza material, sucesso profissional, viajar pelo mundo, ter um corpo belo e saudável, encontrar um par perfeito.... Ou seria algo de natureza intrínseca e idiossincrática, uma questão de temperamento geneticamente explicada, uma liberdade interna, ou flexibilidade psíquica baseada em princípios religiosos? O tema da busca da felicidade há séculos ocupa

Siga sua Vocação

Imagem
Joseph Campbell (1904-1987) Extraordinário professor de mitologia comparada, escritor e orador, autor de diversos livros dedicou sua vida à pesquisa da odisséia humana nos mitos de inúmeros povos, de diferentes épocas, e com sua forte intuição, encontrou semelhanças significativas e pontos em comum entre eles. Campbell considerava a mitologia “o canto do universo; a música da imaginação inspirada nas energias do corpo”. Follow your bliss . Esta é uma expressão marcante no trabalho de Campbell. A palavra bliss é freqüentemente traduzida como felicidade. No conceito campbelliano, porém, representa a busca pelo caminho pessoal, ainda que possamos passar por dores, alegrias, sofrimentos ou êxtase. Bliss é algo que não podemos deixar de fazer, é um chamado. Dizia ele: “O caminho para descobrir alguma coisa a respeito de sua própria felicidade é concentrar a atenção nesses momentos em que você se sente mais feliz, em que você está realmente feliz....Isso exige um pouco

Mahatma Gandhi

Imagem
Mahatma Gandhi 2/10/1869 - 30/01/1948 Eu Creio Creio em mim mesmo Creio nos que trabalham comigo, Creio nos meus amigos e creio na minha família, Creio que Deus me emprestará tudo o que necessito para triunfar, contando que eu me esforçe para alcançar com meios lícitos e honestos. Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir, sem antes pedir a devida orientação a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito. Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende da sorte, da magia, de amigos, companheiros duvidosos ou de meu chefe. Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar. Serei cauteloso quando for tratar os outros, como quero que eles sejam comigo. Não caluniarei aqueles que não gosto. Não diminuirei meu trabalho por ver que outros o fazem. Prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida, e sei que o triunfo é

A evolução consciente

Imagem
Roberto Crema e Jean Yves Leloup A Evolução Consciente O ser humano introduziu no planeta uma nova qualidade evolutiva, que é a evolução intencional, consciente, voluntária. A pessoa evolui se quiser, se desejar, à medida que enveredar no caminho da individuação. Há que sair dos trilhos populares e viciados da normose, para tomar as incertas e criativas trilhas evolutivas, nas quais enfrentará seus medos, atravessará muitos portais, e, em algum momento justo, florescerá com vigor, ternura e poesia. É uma grande aventura tornar-se humano, sujeito da própria existência, ser dotado de um semblante único e assumir a direção dos próprios passos, realizando, assim, a promessa inerente ao seu mistério. Fazer render os talentos vocacionais é o que caracteriza um existir pleno. Para isso, convocamos a nós mesmos a existir, a trazer uma novidade, um canto novo, uma dança nova... Não nascemos para morrer, nascemos para ser . Livro: Normose- A patologia da normalidade Verus Editora

Distraídos do Essencial

Imagem
Tereza Kawall Pensando bem, nossos problemas atuais não são de natureza econômica, política, científica, ambiental, seja lá o que for. Nosso verdadeiro e incomensurável problema é inequivocamente o homem, nossa humanidade, assim chamada por aquilo que deveria nos definir como humanos. Aqui, leia-se e entenda-se “ consciência” com tudo o que ela representa, sem licença poética, em um contexto racional, ético, moral, que pode discriminar valores, e que teoricamente é o que nos diferencia das plantas, dos animais,das borboletas, dos peixes, da grama, das formigas, dos sabiás, das conchas, das pedras, dos minérios e do orvalho matinal. Ah, sim, fazemos rituais para nossos mortos, abraçamos a religião como suporte para o viver, fazemos filosofia, leis, manifestações artísticas de toda ordem. Construímos incríveis túneis aquáticos e pontes quase aéreas, maravilhas da tecnologia moderna. Aquele que chamamos de “ arranha-céu” também perfura as entranhas da Terra, fazendo-a afundar sob o peso

Compaixão

Imagem
Sua Santidade, o Dalai Lama "Que eu me torne em todos os momentos, Agora e sempre, Um protetor para os desprotegidos, Um guia para os que perderam o rumo, Um navio para os que têm oceanos a cruzar, Uma ponte para os que têm rios a atravessar , Um santuário para os que estão em perigo, Uma lâmpada para os que não têm luz, Um refúgio para os que não têm abrigo E um servidor para todos os necessitados" ----------------------------------------------------- "A tarefa do homem é ajudar os outros. Este é o meu ensinamento mais constante, esta é a minha mensagem. É a minha crença. Para mim, a questão fundamental É estabelecer melhores relacionamentos, sobretudo entre as pessoas- E de que forma podemos contribuir para isso" ------------------------------------------------- Do livro: O caminho da tranquilidade, Editora Sextante.

Elegância do comportamento

Imagem
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza. É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto. É uma elegância desobrigada. É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam.E quando falam, passam longe da fofoca, das maldades ampliadas no boca a boca. É possível detectá-las nas pessoas que não usam um tom superior de voz. Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros. É possível detectá-la em pessoas pontuais. Estas se preocupam com os outros Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está. É elegante não ficar espaç

Dê uma chance - sorriso para você

Imagem
Às vezes, informações preciosas e profundas chegam para nós como uma lufada de vento que passa ligeiro. Se o espírito está atento, elas acendem uma luz no painel elétrico do cérebro, aguçam nossa intuição..... hummm, aí tem coisa. Uma amiga me disse hoje estar praticando um simples exercício matinal, ao alcance de todos, e que consiste em olhar-se no espelho pela manhã, sorrir e dizer " bom dia"! Já ouço vozes. Dirão os racionais que tudo sabem: prá quê? Dirão os mau humorados: que piada de mau gosto... Dirão os céticos e apressados: tenho outras prioridades. Balbuciarão os sonolentos: ah, deixa prá mais tarde... O espelho nos informa, corretamente, só aquilo que ali está: eu. Mas meu olhar crítico me informa o que está faltando, o que está desalinhado, inchado, caído, manchado, estranho - pele, dentes, cabelo, olhos. Porquê gostamos tão pouco de nós mesmos, se justamente quem está ali me olhando é inequivocamente eu mesmo(a)? Porquê

Concentração

Imagem
Por Gary Snyder No espírito da concentração Todos nós somos aprendizes do mesmo professor que as instituições religiosas originalmente utilizaram: a realidade. O insight da realidade diz... controle as 24 horas. Faça-o bem, sem autocomiseração. É tão difícil colocar as crinças agrupadas no carro, descer a estrada para pegar o onibus, quanto cantar sutras num templo budista numa fria manhã. Um passo não é melhor do que o outro, cada um deles poder ser bem enfadonho, e ambos têm a qualidade virtuosa da repetição. Repetição e ritual e seus bons resultados aparecem sob muitas formas. Mudando o filtro, assoando o nariz, indo a reuiões, arrumando a casa, lavando pratos, verificando a vareta do óleo - não pense que essas tarefas desviam sua atenção de suas buscas mais importantes. Essa roda viva de afazeres comésticos, de que esperamos nos livrar para que possamos entrar na nossa " prática", é ela que nos calocará na trilha - esta é a nossa trilha. Extraído do livro " A Ment

O Jardim da Fé

Imagem
Clarissa Pinkola Estés Sei que aqueles que sob certos aspectos e por algum tempo estão afastados da crença na própria vida acabam sendo os que perceberão que o Éden está por baixo do campo nú, que as sementes novas vão primeiro para os lugares vazios - mesmo quando esse local é um coração de luto, uma mente torturada ou um espírito devastado. Qual é esse processo do espírito e da semente , cheio de fé, que toca o solo nu e o torna rico de novo? Não tenho a resposta completa. Só sei o seguinte: aquilo a que dedicamos nossos dias pode ser o mínimo do que fazemos, se não compreendermos também que algo espera que a gente abra espaço para ele, algo que paira perto de nós, algo que ama, e que espera que o terreno certo seja preparado para que ele possa se revelar. Estou certa de que, enquanto estivermos aos cuidados dessa força de fé, aquilo que pareceu morto não estará morto, aquilo que pareceu perdido também não estará mais perdido, aquilo que alguns alegaram ser impossível tornou-se nitid

Conhece a ti mesmo

Imagem
Tereza Kawall Quem já não teve muitas dúvidas, medos e frio na barriga na hora de escolher uma profissão e, sobretudo, se preparar para enfrentar o pente fino do vestibular? Resposta fácil: ninguém! As diversas etapas que atravessamos durante a vida vão acontecendo de forma mais ou menos consciente. A ingenuidade e as descobertas da infância, a adolescência e suas saudáveis transgressões, o inesquecível primeiro amor, as novas amizades que vão se entrelaçando com nossos novos interesses. Tudo vai mudando: nós, os cenários, os desejos e as pessoas. De um jeito ou de outro, somos levados pelas ondas do viver, surpresas, frustrações e conquistas se sucedem. Vamos “ surfando” ora em mares mais azuis, ora em mares com ventos e estranhas correntezas. Ao chegar a hora do vestibular e da escolha profissional.... bem, aí as coisas mudam, e como! É tão difícil parar para pensar, abraçar o não-saber, fechar os ouvidos para todas as “ sábias” sugestões e opiniões que chegam por todos os lados

Compreensão

Imagem
Voar para a vida A verdadeira consciência do eu é ver e aceitar o completo ciclo de vida de mudanças - que é a lagarta, o casulo, e então, a borboleta; assim como o alquimista que usa o chumbo para fazer ouro e a luz do dia que sempre segue a noite. Uma perspectiva espiritual dá uma compreensão dessa história completa e o permite ver a história de algum lugar "fora de" ou "além de" você, sem se prender muito a qualquer pormenor. Isso lhe permite ver fraqueza e força com equanimidade e estabilidade: vendo a fraqueza como uma realidade temporária, mas não a parte final da verdadeira identidade; é ver a fraqueza como o avesso da força e estar sempre fazendo a escolha para se mover de encontro à luz, movendo-se para o ouro e movendo-se para o vôo. Lesley Edwards Link: www.bkwsu.org/brasil

MISS IMPERFEITA

Imagem
Martha Medeiros ‘Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso épossível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer . Uma imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado três vezes por semana, decido o cardápio das refeições, levo os filhos no colégio e busco, almoço com eles, estudo com eles, telefono para minha mãe todas as noites, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e-mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos, participo de eventos e reuniões ligados à minha profissão, e ainda faço escova toda semana - ah, e as unhas! E, entre uma coisa e outra, leio livros. Portanto, sou ocupada, mas não uma workaholic. Por mais disciplinada e responsável que eu seja, apr

O riso e o absurdo

Imagem
MIKE GEORGE O riso sincero estimula uma química benéfica ao corpo, preservadora inclusive da vida. Os efeitos a curto prazo são excepcionais: a tensão é dispersada, a apreensão é eliminada, a habilidade de pensar positivamente aumenta e o contentamento é restaurado. A incapacidade de rirmos de nós mesmos pode ser um indício de que achamos difícil reconhecer nossas próprias debilidades. Então tornamo-nos suscetíveis à ostentação, orgulho, á vaidade. A vida, como uma comédia, pode ser absurda e imprevisível, os eventos podem tomar rumos inesperados e indesejáveis. Se perdemos o roteiro, esquecemos nossa fala ou se somos puxados para a ação de formas imprevisíveis, a perda de controle não deveria ser, necessariamente lamentada. O que precisamos é mudar de perspectiva, ver o absurdo de nossa condição e rir disso tudo. A importância do cômico é que ele pontua nossas pretensões e permite que uma corrente de ar fresco invada a nossa consciência. É, portanto, uma técnica de relaxamento por exc

O barulho da floresta que brota

Imagem
Entrevista com Jean-Yves Leloup Jean-Yves Leloup é um dos pensadores importantes do mundo contemporâneo. Nascido em 1950, na França, ele é um cidadão do mundo. Filósofo, terapeuta transpessoal, teólogo, ele é padre da igreja ortodoxa na França, e traduziu e interpretou textos bíblicos. Seu pensamento é poético, universalista, multidimensional. Conferencista reconhecido internacionalmente, ele vem regularmente ao Brasil proferir seminários organizados pela Universidade da Paz. Para Marie de Solemne, uma estudiosa da sua obra, “a considerável força da palavra de Jean-Yves Leloup é que ela é sistematicamente informada, ao mesmo tempo, por uma reflexão filosófica, psicanalítica e espiritual”. Os livros de Jean-Yves estão publicados em vários idiomas e fazem sucesso no Brasil. Entre os seus últimos lançamentos estão “Amar ... Apesar de Tudo” e “A Arte da Atenção”, ambos da Editora Verus. A entrevista a seguir foi concedida na sede da Unipaz, em Brasília. Pergunta – Você é sacerdote

Inteligências Múltiplas

Imagem
Um grande passo para a compreensão do que é e como funciona a inteligência humana foi dado nos anos 80 por um psicólgo norte americano, Howard Gardner na Universidade de Harward. Ele e um grupo de pesquisadores da cognição humana concluiram que existem sete espectros de inteligências que comandam a nossa mente. Estas competências estão inter-relacionadas, e algumas delas, anteriormente eram vistas como dons ou virtudes. Segundo a pesquisa todos temos mais de uma inteligência, que existem em diferentes níveis de desenvolvimento. E podemos treiná-las! De forma bem reduzida são elas:· Inteligência lógico-matemática: traduzida na capacidade de realizar operações matemáticas, racicínio dedutivo, e de analisar problemas com lógica. Matemáticos, pesquisadores, engenheiros e cientistas têm essa capacidade privilegiada. Inteligência lingüística: habilidade de aprender línguas e de usar a língua falada e escrita, boa comunicação verbal para expressar-se e atingir objetivos. Advogados, esc

Esperança na Desesperança

Imagem
foto: Araquem Alcantara A desesperança nasce da consciência sobre as carências do Homo sapiens/demens e das manifestações históricas do ruído e do furor que, tantas vezes fizeram tábula rasa da razão e do amor. Essa dialógica dispõe de seis princípios de esperança na desesperança: · Princípio vital: assim como tudo o que vive se auto-regenera numa tensão irredutível para o futuro, também todo o humano regenera a esperança regenerando sua vida. Não é a esperança o que faz viver, é o viver que cria a esperança que permite viver. · Princípio do inconcebível : todas as grandes transformações ou criações foram impensáveis antes de ocorrer. · Princípio do improvável : todos os acontecimentos felizes da história foram, a priori, improváveis. · Princípio da toupeira : que cava suas galerias subterrâneas e transforma o subsolo antes que a superfície se veja afetada. ·Princípio de salvação : é a consciência do perigo que, segundo Hölderlin, sabe que "onde cresce o perigo, cresce t

Orientação Vocacional

Imagem
Saturno, o símbolo astrológico do trabalho, perseverança e da responsabilidade. Em tempos de mudanças aceleradas e tantas reformulações na área das carreiras, a necessidade de escolha ou planejamento da profissão é, cada vez mais, de vital importância. Seja para o jovem que está dando os seus primeiros passos em sua formação e qualificação ou para profissional já estabelecido, este é um desafio estimulante, mas que também gera certa angústia. A Internet assim como as constantes inovações tecnológicas oferecem e exigem mais e mais preparo e empenho nesta área. Em algum momento teremos que trabalhar para “ganhar a vida”. E esta é uma realidade e, sobretudo uma necessidade. O trabalho, além do sustento, é nossa forma de expressão no mundo, aquilo que nos define, que põe a personalidade em ação no mundo. Todos somos criativos, todos queremos ser “ alguém”. Afinal, escolhemos a nossa profissão ou é ela que nos escolhe? Aptidões e interesses podem ser contraditórios, e portanto, não é fácil

China x Tibet: até quando?

Imagem
XIV Dalai Lama em Dharamsala, India Ao que parece, os tímidos esforços da comunidade internacional nada trouxeram de resultados positivos para os conflitos do sofrido povo tibetano. A verdadeira " muralha" da China parece ser o seu atual e extraordinário poder econônomico, que ao que parece vem silenciando gritos e sonhos de milhares de tibetanos expatriados no Ocidente. Até quando? Sabe-se que detenções em massa de monges continuaram na semana passada, e mosteiros foram fechados pelas tropas armadas chinesas. A crise se aprofunda e há notícias de suicídios de monges em diferentes pontos do país, em protesto à opressão chinesa, evidenciando o desespero ao clima de medo e incertezas. Dois enviados de Sua Santidade, o Dalai Lama, devem chegar à China no dia 3 de maio para tentar um diálogo com as lideranças chinesas. O líder espiritual tibetando exige que as conversas sejam " sérias". Link: http://www.savetibet.org/news http://www.tibet.fr

Por onde andará Demeter?

Imagem
Demeter, deusa da Grécia antiga, protetora das terras cultivadas e das colheitas. Por onde andarás nossa deusa-mãe, que germina sementes, nos alimenta, nos dando o precioso pão de cada dia? Ciclones, maremotos, tufões, tsunamis, chuvas torrenciais, ursos polares e icebergs flutuando sem direção, epidemias, abelhas desaparecidas, terras secas e sulcadas pelo sol. Dizemos: a natureza enlouqueceu! o tempo está maluco! Pobre tempo, pobre clima, que é só uma seqüela da ação inconseqüente dos homens que há muito estão cegos para sua própria LOUCURA. Ah, os bancos... estes sempre vão muito bem, obrigado. Os “grandes investidores”, o dinheiro virtual, os mercados, as bolsas de valores , os juros. Silêncio nos ganhos e choradeira nas perdas. Correm velozes para ajudar a si mesmos quando a recessão bate à porta e dão as costas para tudo o que não seja lucro, dividendos, especulação. E agora.... a fome, a falta dos alimentos, do trigo, dos grãos, escassez de planejamento, exces

Tibet: a tocha sem brilho

Imagem
NOVA DÉLHI - Cerca de cinco mil tibetanos iniciaram nesta quinta-feira, 17, um percurso paralelo ao da tocha olímpica por Nova Délhi, onde foram desdobrados mais de 15 mil policiais para o revezamento oficial, informou a agência indiana Ians. Antes da cerimônia oficial, os ativistas usando camisetas com mensagens em defesa da liberdade no Tibete, organizaram um percurso alternativo com uma tocha "própria", que levaram do memorial de Rajghat, onde foi cremado o pai da nação indiana, Mohandas Gandhi, até o complexo de Jantar Mantar, epicentro dos protestos nos últimos dias." O revezamento oficial tem pouco espírito olímpico porque está sendo organizado sob extremas medidas de segurança. Portanto decidimos reviver o espírito olímpico com um percurso paralelo", disse o porta-voz do Comitê de Solidariedade Tibetano (TSC, em inglês), Tseten Norbu. A segurança os impediu de acender sua tocha de protesto no interior do parque, onde repousam os restos de "Mahatma"

Festa no outro apartamento

Imagem
Ao amadurecer, descobrimos que a grama do vizinho não é mais verde, coisíssima nenhuma. Estamos todos no mesmo barco. Há no ar, um certo queixume, sem razões muito claras. As pessoas, de uma maneira geral, têm dentro delas um não-sei-o-que perturbador, algo que as incomoda, mesmo estando tudo bem. De onde vem isso? Anos atrás, a cantora Marina Lima compôs com o seu irmão, o poeta Antonio Cícero, uma música que dizia: Eu espero acontecimentos... só que quando anoitece, é festa no outro apartamento. Passei minha adolescência com esta sensação: a de que algo muito animado estava acontecendo em algum lugar, para o qual eu não tinha convite. É uma das características da juventude: considerar-se deslocado e impedido de ser feliz como os outros são - ou aparentam ser. Só que chega uma hora em que é preciso deixar de ficar tão ligado na grama do vizinho. As festas em outros apartamentos são fruto de nossa imaginação, que é infectada por falsos holofotes, falsos sorrisos e falsas notícias. Os n

A força ctônica de Plutão

Imagem
No dia 24 de agosto de 2006 a comunidade dos astrólogos foi surpreendida com a notícia de que a XXVI Assembléia Geral de IAU, International Astronomical Union em seu congresso anual em Praga havia promovido o” rebaixamento” astronômico do planeta Plutão, que a partir daí seria considerado um planeta- anão.Essa desclassificação foi tomada em função de uma série de novos critérios científicos relativos ao peso, medida e órbita dos demais planetas. Questionamentos, dúvidas, ceticismo e até revolta foram as reações mais evidentes; outros deram de ombros, mas não tão indiferentes assim. O rebaixamento astronômico foi polêmico até entre os próprios cientistas astrônomos. Em março deste ano, 2007, houve um novo consenso estabelecido por uma lei do Estado norte-americano do Novo México que se rebelou contra a determinação da IAU. Não satisfeitos, os astrônomos instituíram o dia 13 de março como sendo o Dia de Plutão em sua legislatura. Um foco de luz e curiosidade se abriu sobre a v

Tocha Olímpica em Buenos Aires

Imagem
Manifestantes em Buenos Aires Richard Gere em São Francisco,CA Buenos Aires reforça segurança para passagem da tocha Olímpica Chama olímpica passará nesta sexta-feira (11) pela capital da Argentina.Autoridades se preparam para possibilidade de protestos pró-Tibete. Por enquanto, as atenções se voltam para a possibilidade de Diego Maradona carregar a chama. As forças de segurança argentinas, que lidam quase diariamente com protestos de rua e com a violência dos torcedores de futebol, estão preparando um forte esquema para os 14 km de percurso da tocha, diante da suspeita de manifestações-surpresa contra a recente repressão da China na região do Tibete. A chama olímpica partirá da região de Puerto Madero, protegida por 1,5 mil efetivos da Prefeitura Naval, 1,2 mil policiais federais e 3 mil colaboradores. Buenos Aires é a única cidade latino-americana que participará do revezamento da tocha, que termina em agosto, em Pequim. É de Puerto Madero que pode partir Maradona, que nunca consegui

Protestos Pró Tibet

Imagem
TIBET Protestos marcam a passagem da tocha olímpica por Londres e Paris Os acontecimentos em Londres são um bom indicador de que a campanha da China por apresentar-se como um país aberto e respeitoso dos direitos humanos dos tibetanos não conseguiu seu objetivo, e mostra que a questão do Tibete vai ofuscar os Jogos, segundo os manifestantes. Da mesma forma falou o líder espiritual Dalai Lama, que, neste domingo, disse que as manifestações no Tibete "jogaram por terra a propaganda chinesa sobre os distúrbios na região". "Os recentes protestos em todo o Tibete não só contradisseram como também jogaram por terra a propaganda da República Popular da China, segundo a qual a maioria dos tibetanos, com exceção de alguns poucos reacionários, desfrutam de uma vida próspera e satisfatória", declarou o líder espiritual do budismo tibetano. "Esses protestos também disseram ao mundo que a questão do Tibete já não pode ser relegada ao segundo plano", acrescentou o Prêm

Entrevista com David Servan-Schreiber

Imagem
" Não inventei nada " O neuropsiquiatra David Servan-Schreiber recebeu a Folha de S.Paulo em seu apartamento em Paris, onde falou sobre as idéias expostas no seu livro "Guérir". ( CURAR) Confira, abaixo, trechos da entrevista. Folha - Segundo o sr., vivemos sob a tirania dos medicamentos psicotrópicos, receitados de forma abusiva para combater o estresse, a ansiedade e a depressão. David Servan-Schreiber - Muitas pessoas tiveram a vida salva pelos antidepressivos. Hoje, eles provocam muito menos efeitos secundários que no passado. O que não é normal é o desequilíbrio com que são utilizados. Um francês em cada sete toma antidepressivo ou ansiolítico. Nos EUA, cerca de 10 milhões de americanos tomam antidepressivos. Isso é anormal. O lítio e outros medicamentos são muito eficazes. O importante é utilizá-los em casos legítimos e justificados. Essa medicina não reconhece que o corpo e o cérebro emocional têm sua própria capacidade de adaptação e reequilíbrio. F