"COMPARTILHANDO"




Por Tereza Kawall

Como isso aconteceu?


A mãe de L. levantou-se e deixou seu notebok de lado por 10 minutos. Ao voltar viu esta cena e tirou essa foto tão instigante....

( L , seu filhote tem dois anos e meio, e dispôs os seus bonequinhos em frente da telinha)

A foto acima nos remete a algumas reflexões.

Crianças pequenas já sabem manusear o IPad e seus divertidos aplicativos com muita

Facilidade e familiaridade..

Como podemos entender esse lindo imaginário infantil

Que cada vez mais se funde a esse mundo virtual

Cheio de botõezinhos coloridos, que ao toque de dedos

Fazem deslizar imagens de lá para cá, como num passe de mágica.

E como serão os desdobramentos ou influências deste universo instanâneo nos indivíduos

Que usa mais o cérebro do que os sentidos ou outras aptidões corporais?

Muita gente já está se perguntando e certamente pesquisando este tema.

Hipóteses, palpites mas por ora, ninguém  sabe, certamente.

Quanto a mim, ficou, além de um sorriso e óbvia a curiosidade por essa atitude,

Uma espécie de alegria e cumplicidade, pois L me pareceu estar

Querendo ‘curtir” e “ compartilhar” com seus amiguinhos as novidades

Que poderiam a qualquer momento surgir na telinha amiga.

Da mesma forma que nós, adultos fazemos ao clicar e interagir nas redes sociais nosso

Apreço ou interesse por imagens, filmes, fotos, mensagens e dicas

que os “ amigos” virtuais nos enviam.

Independentemente da idade,temos as mesmas motivações e desejos afinal?

Esta forma de comunicação é satisfatória? É compensatória?

Como disse alguém , é uma solidão compartilhada?

Não sei realmente, mas adorei essa foto e essa iniciativa tão criativa e amigável de meu neto!!

1 comentários:

  • Diva | 12 de outubro de 2013 21:45

    Que legal, Teeza! O Leo já anda fazendo essas artes, é? Como o tempo passa... eu sempre penso nele como um bebe, só agora me dei conta que os meus netos gêmeos já estão com 20 meses. É verdade... O temmpo passa e nós vamos ficando mais "sábias"..rsrsrs..
    Beijos!