INCONSCIENTE HISTÓRICO

Foto de Greg Semendinger, 11 de setembro, NY
Por Arnaldo Jabor

"Hoje em dia as coisas têm vida própria, e seus criadores não controlam mais os produtos. Somos levados por uma tumultuada marcha de fatos sem causa aparente, de acontecimentos sem origem, de objetos sem sujeitos.

Cada vez temos mais ciência e menos entendimento.
Temos um acesso à informação infinita, mas nada se fecha em conclusões coerentes, nada acaba, nada se define.

O socialismo não deu certo, o capitalismo global não trouxe paz, tudo o que depende da vontade dos homens e de seus sonhos de controle não chega a um final feliz.
Pensadores sofrem porque vêem que é impossível mudar o curso da vida que se transforma sozinha, pouco se lixando para nós, assim como a lama das encostas, as cinzas dos vulcões e as marés assassinas.

" ESPERANDO GODOT " é mais profético do que cem anos de esperança política.
Viramos objetos de um "sujeito" imenso, sem nome, sem olho, misterioso, secreto, que talvez só vamos entender depois do tempo esgotado, quando for tarde demais.
Não temos mais culpados nítidos pelo mal.
Talvez sejamos obrigados a confiar que haja uma razão dentro da loucura.
Talvez haja uma espécie de " inconsciente histórico" dentro da marcha das coisas.



0 comentários: