ILUMINADOS


Iluminados

Ser capaz de experimentar a realidade como ela é, sem distorcê-la com nossas esperanças e medos, recebe, com freqüência, o nome de “ iluminação” ( enlightenment). Dizemos que uma mente que recebeu iluminação é uma mente ‘ iluminada”. É uma mente que “ viu luz”( light) ou que vê as coisas sob uma nova luz.

Mas existe um outro sentido para a palavra light, igualmente apropriado: “ leve, tornar mais leve, aliviar”. Por exemplo, “ tornar a carga mais leve”.
As cargas mais pesadas nesta vida não são nossas cargas físicas, mas nossas cargas mentais. Somos esmagados por nossa preocupação pelo passado e por nossas inquietações sobre o futuro. Essa é a carga que suportamos, a fadiga que vem da nossa temporalidade.

Iluminar a mente é libertá-la dessa carga. Uma mente iluminada Não mais é esmagada pelos apegos; é uma mente livre.
Sendo livre, essa mente deixa de ser tão séria a respeito das coisas – ela encara as coisas com mais “ leveza”, sob uma “ luz” mais leve.
Será por isso que as pessoas iluminadas riem e sorriem mais do que o resto de nós?

Sob qualquer uma dessas perspectivas – “ iluminar-se” ou “ tornar a carga mais leve” – a essência da iluminação é uma mudança de percepção. A transição do modo de ver o mundo através dos olhos da inquietação ( com todas as suas seduções, restrições e interpretações) para o modo de ver o mundo sem julgamento; ver o que é, em vez de ver aquilo que deveria ou poderia ser”.

Do livro: O Buraco branco no tempo
Auto: Peter Russel
Editora Aquariana, SP, 1992.

2 comentários:

  • Denise | 28 de agosto de 2010 18:31

    Tereza, a fadiga - da vida - tem estado assustadora presente na fala das pessoas. Contextualizadas nestas considerações, faz o maior sentido, evidenciando ainda a necessidade de desenvolver habilidades mais específicas para enfrentar "as sombras" - tornado a carga mais leve ao libertar-se de crenças limitantes, tomando conhecimento - e posse - das ferramentas que possui para lidar com a vida.
    Descomplicar é perceber diferente. Mudar o foco, a percepção.
    Adorei o post, o tema.

    Beijos e um excelente fds!

  • António Rosa | 30 de agosto de 2010 13:39

    Cara Tereza

    Este é o 4º ano (a 31 de Agosto) que se comemora o «Blog Day», que consiste em divulgarmos aos nossos leitores mais habituais, 5 blogues que apreciamos, não importa as razões. É uma forma de espalharmos pelo mundo a existência de bloguistas de qualidade.

    As normas do «Blog Day» dizem para informarmos por email os blogues escolhidos por nós. Eu optei por deixar um comentário no seu blogue.

    Obviamente, o seu blogue faz parte da minha lista de preferidos no «Cova do Urso». Grato pelo trabalho que desenvolve no seu blogue.

    O post será publicado esta noite, às 00:01 do dia 31 de Agosto.

    Grande abraço,

    António Rosa