Álgebra da Vida



"A astrologia “ clássica” da Europa é um renascimento espiritualmente sem vida do intelectualismo greco-latino, como praticamente todo o classicismo europeu. Todo o progresso da humanidade então está concentrado sobre a pura análise intelectual e a experimentação física ” científica”.

A vitalidade que estava na astrologia , agora está centrada na astronomia. A razão do homem brinca de reconhecer-se n mundo exterior, que ele faz conforme a sua própria imagem, tal como a sensitividade psíquica do homem primitivo se projetava num mundo conforme a sua própria imagem e povoado de “espíritos” e deidades com humores humanos.

Recentemente, a eletricidade e a radioatividade quebraram o encanto e levaram o homem aos assustadores conceitos da física do século XX, à teoria da relatividade de Einstein, ao quantum e ao principio de indeterminância de Heisenberg.
Isto significa o nascimento de um novo mundo de pensamento, muito aberto ao Desconhecido e Desconhecível, que nos últimos séculos haviam esperado matar com a espada mágica da Razão. É neste novo mundo que agora está exigindo uma prestação de contas com a Astrologia.
A Astrologia precisa renascer e voltar a desempenhar, em nosso mundo moderno, tornado caótico por um individualismo violento e falso e pela repentina abertura das barreiras psicológicas, a tarefa de integração prática que sempre foi sua.
Sempre que os movimentos correlatos do Sol, Lua , planetas e estrelas são usados para trazer ordem à confusão de nosso mundo cotidiano – existe a Astrologia.
O tipo e a classe de fenômenos da natureza que a Astrologia correlaciona, interpreta e aos quais dá significado em termos de um princípio de Ordem Cósmica mudam era após era.
A principio era fisiológicos e elementais. Agora devem ser essencialmente psicológicos e mentais.
Mas o trabalho fundamental da Astrologia continua o mesmo. É revelar a “ harmonia das esferas”, em qualquer nível que a consciência humana esteja centrada.
É carregar os símbolo de Ordem onde quer que o homem encontre o caos. Em terminologia moderna, é a álgebra da vida".
Extraído do livro: Astrologia da Personalidade, escrito em 1936.
Editora Pensamento
Veja mais:
http://www.khaldea.com/
Fotos de Dane Rudhyar em 1925 e 1972, do site acima.

1 comentários:

  • Adelia Ester Maame Zimeo | 16 de maio de 2010 09:05

    Tereza, quanto de belo você nos traz! A Astrologia é um recurso maravilhoso para o ser, proporcionando a integração e a harmonia. Há de ser novamente reconhecida em seu profundo valor! Beijos. Saudades.