Vitrais de Chartres

Zodíaco na fachada externa da Catedral










Vitral de Libra

Vitral de Áries

"Chartres é chamada de “ A Catedral dos Vitrais”. Nada mais justo. São vitrais admiráveis, que tornam irreal a atmosfera no interior da basílica e fazem dela, nas palavras do poeta francês
Edmond Joly, “ o navio encantado de uma música silenciosa, celebrando com suas cores e sua luz o segredo da eterna travessia”.

Há vitrais do século 12, exibindo azuis que parecem roubados ao céu: Nossa Senhora do Belo Vitral, o Vitral da Paixão, o Vitral da Infância e vida de Nosso Senhor; o vitral da Árvore de Jessé.
Há vitrais do século 13, múltiplos quadros que contam historias da Bíblia ou da vida dos santos e as imensas rosáceas sobre os pórticos. Foram oferecidos por reis ou por grandes senhores feudais, ordens eclesiásticas ou corporações de profissionais. Foram todos fabricados no interior da própria catedral, e instalados à medida que o edifício se completava. Aos olhos dos seus construtores, toda aquela incomparável riqueza de formas, cores e luzes apresentava a imagem e sustentava a esperança mítica da Jerusalém Celeste.

Há inclusive um magnífico vitral astrológico, representando os doze signos do Zodíaco. Quando eu o observava, aproximou-se um grupo de turistas ingleses acompanhado por um guia que informou: “ Este é o vitral Astrológico, considerado um dos mais bonitos! E complementou, certamente ignorante do fato que a astrologia era objeto do maior interesse dos construtores das catedrais medievais: “ Mas vocês não acreditam nessa bobagem da astrologia, não é verdade”? Ao que um dos ingleses retrucou: “ Nós até podemos não acreditar. Mas os construtores da catedral certamente acreditavam. Se não, por que dariam um lugar de honra para o vitral astrológico”?

Texto de Luís Pellegrini
Livro : Os pés alados de Mercúrio
Editora Axis Mundi.
Link :http://www.sacred-destinations.com

1 comentários:

  • Adelia Ester Maame Zimeo | 5 de novembro de 2009 16:23

    Tereza, que encanto! Eu me maravilho com esta arquitetura e com os vitrais belíssimos que dela fazem parte. Houve, um ano que confeccionei uma agenda do consultório, com a imagem dos vitrais desta Catedral. Assim, em todo o momento em que eu a manuseasse poderia contemplá-los. Adoro seu blog! É um dos primeiros que visito diariamente. Baci.